Cidades no interior do Paraná: Crie um roteiro repleto de opções envolvendo belezas naturais, história e até mesmo muita aventura 

Ninguém espera que cidades menores possam oferecer uma diversidade de passeios e até mesmo descanso para quem está de férias, ou procurando lugares que fogem das rotas tradicionais de turismo. Pensando nisso, separamos 10 cidades no interior do Paraná que valem a visita. Confira! 

Ilha do Mel 

interior do Paraná

Foto: Cyrus Augustus Moro Daldin / Wikimedia Commons

A Ilha do Mel é um dos lugares mais conhecidos no Paraná e é considerada um Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO. A sua beleza e vegetação preservada encantam os turistas que procuram o destino para se desconectar da vida urbana. Outro fato que a torna especial é nunca estar lotada, pois existe um limite de visitação de 5 mil turistas por dia, o que garante a sua preservação. O acesso para o local pode ser feito de carro  ou ônibus até Pontal do Sul e de lá, pegar uma Barca para a Ilha. Também é possível pegar a barca na cidade de Paaranaguá.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Ao chegar lá, um dos pontos mais famosos é o Farol das Conchas, que possui uma vista fascinante da cidade e a Estação Ecológica, uma área de reserva e preservação ambiental. Se você gosta de praia, não deixe de conhecer a Praia Grande, que é pouco povoada, mas dona de uma beleza exuberante. Outro passeio muito comum na região é a Gruta das Encantadas, um local repleto de lendas e mistérios e palco de muitas fotos, mas atenção, pois a travessia para a gruta só acontece quando a maré estiver baixa, então fique atento à tábua das marés.

Colônia Witmarsum

cidades interior do Paraná

Foto: Divulgação

O próprio nome da cidade já indica que ela representa um pedaço da Alemanha no Brasil. Colônia Witmarsum está localizada a 60km de Curitiba e sua população é majoritariamente formada por pessoas que fazem parte de uma cooperativa agropecuária que comercializa queijos e leite e que tentam manter viva a cultura alemã, por meio da culinária, e, sobretudo, do idioma. 

O clima bucólico é um dos atrativos deste destino, que guarda seu passado no Museu de História Witmarsum, primeira parada para entender  sobre a vida no local, que oferece também diversão para as crianças no Poneyland, um sítio com animais e passeios incríveis. E, claro, não tem como visitar a cidade sem conhecer suas cervejarias, cafés coloniais e restaurantes para desfrutar na plenitude de seu clima europeu. 

Lapa 

Paraná

Foto: Lu Fotografia / Wikimedia Commons

Lapa é um pequeno município situado a 65km de Curitiba, que abriga o maior conjunto arquitetônico preservado do estado e uma parte marcante da história do Brasil, por ter sediado a batalha militar da Revolução Federalista de 1894 que impediu o avanço das tropas contrárias à proclamação da República.

A parada número um na cidade é o Monumento dos Tropeiros, um painel que retrata o trabalho dessa classe, tão importante para a região. O Centro Histórico da Lapa também é um passeio tradicional, onde é possível encontrar uma série de opções de lugares para visitar, como Theatro São João, Museu Histórico e Museu de Armas. A cidade também possui ótimos restaurantes para se deliciar com a culinária tropeira.

Morretes

Cidades no interior do Paraná para visitar. Foto: Luiz_Rolim / Wikimedia Commons

Morretes é uma cidade muito charmosa no litoral do Paraná, onde encontra-se uma das atrações mais queridinhos do Brasil,  o passeio de trem para Morretes, que percorre a Serra do Mar pela Estrada de Ferro Paranaguá-Curitiba. Apesar de um longo caminho, que leva até 3h30 de viagem, é uma experiência marcante, por revelar paisagens incríveis com túneis, cachoeiras, vales, montanhas e muita Mata Atlântica. 

Chegando lá, outro local que não pode ficar de fora da lista é a Igreja Matriz Nossa Senhora do Porto, que tem uma arquitetura de deixar o queixo caído. Caminhar às margens do rio Nhundiaquara também é outro atrativo da cidade, onde é possível ver várias construções e uma vida agitada no centro, sempre repleto de turistas. Ir a Morretes e não experimentar a cachaça da região e a famosa balinha de banana, é um desperdício! 

Antonina 

interior paraná

Foto: Luiz Maffei Prieto Fernandes / Wikimedia Commons

Outro tesouro escondido no interior do Paraná, Antonina é uma cidade que está a 85km de Curitiba e é repleta de história. É aquele lugar que parece cenográfico, fica em frente a Baía de Antonina, muita conhecida por sua calmaria e é rodeada por uma cadeia de montanhas da Serra do Mar, então se você procura descanso, lá é o lugar certo! 

O centro histórico tem várias construções antigas, praças e igrejas que conferem um clima colonial à região. Além disso, há algumas atrações nos arredores, como  o rio Cachoeira, muito procurado para a prática do rafting; Estrada do Bairro Alto, onde há inúmeras opções de trilhas. 

Carambeí

Foto: Divulgação

Prepara-se para comer muito e conhecer um cantinho da Holanda no Brasil ao visitar Carambeí, cidade localizada a 100km de Curitiba. O Parque Histórico é a principal atração da região, cercado por ruas charmosas, lagos e jardins, é um passeio agradável para fazer durante o dia, além de incluir vários pontos históricos, como a reprodução da antiga vila holandesa, museu dos equipamentos agrícolas e casas tradicionais. 

O Parque das Águas também merece atenção, ele que foi inspirado na arquitetura do bairro de Zaandijk, na Holanda e possui moinhos e casas históricas preservadas, além do espaço Casa da água, que mostra a tecnologia sustentável usada na Holanda para gestão dos recursos hídricos. E dentro desse cenário europeu não poderiam faltar lojas de doces, tortas e iguarias tradicionais que encantam os turistas. 

Prudentópolis 

Cidades no interior do Paraná para visitar . Foto: Carlos Eduardo Chagas Pereira / Wikimedia Commons

Prudentópolis, conhecida como a Terra das Cachoeiras Gigantes, é também um pedacinho da Ucrânia no Brasil por abrigar um grande número de imigrantes, que preservam as tradições até hoje. Pela fama, já dá para imaginar que é um destino repleto de aventuras. Há inúmeras cachoeiras e trilhas para conhecer na região, a mais famosa é o Salto São Francisco, que possui 196 metros de queda livre e é considerada a maior cachoeira da região Sul e a quinta maior do Brasil. 

Outro local que vale a visita é o Salto São Sebastião, com 120 metros de altura, que é muito procurado por praticantes de rapel e canionismo. Mas, atenção, para chegar lá é preciso fazer uma trilha de dificuldade média. Agora, para quem busca contato com a natureza, mas sem adrenalina, o Recanto Perehouski é a melhor indicação. É uma área de lazer com trilhas leves e poços para banho. Apesar dos maiores atrativos da região serem em áreas verdes, o centro da cidade também oferece muita história, com igrejas, museus e monumentos que resgatam a cultura ucraniana. 

Paranaguá

Foto: Derick Willi / Wikimedia Commons

Paranaguá, a cidade mais antiga do Paraná não poderia ficar de fora da lista, além de ter uma relevância econômica muito importante para a região, devido ao Porto de Paranaguá, que é o segundo maior da América Latina em volume de exportações e o primeiro em movimentação de grãos. E é de lá que saem as embarcações rumo à Ilha do Mel, um dos destinos mais requisitados da região Sul do país. 

O seu centro histórico é considerado um Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, por remeter ao tempo do Brasil Colônia e Império. Ele é bem diversificado, com museus, casarios antigos, mercados de artesanato e muitas igrejas para conhecer. 

Pico Paraná 

Foto: Sergio Luiz Furtado da Rosa / Wikimedia Commons

Um destino que não pode faltar na lista dos aventureiros, o Pico Paraná não recebeu esse nome a toa, localizado no município de Antonina, é a montanha mais alta da Região Sul do Brasil. Um paraíso para os amantes de trekking e adrenalina. Subir até o pico é uma tarefa que exige muito esforço físico, por ser uma caminhada íngreme, com trechos expostos a altura e muitas pedras. Para chegar até o final, leva-se em média dois dias, ou seja, é preciso ir preparado para acampar! A época mais indicada para viver essa experiência é de abril a agosto, quando as chuvas são mais escassas na região. 

Foz do Iguaçu

Cidades no interior do Paraná para visitar . Foto: Deni Williams / Flickr

Um dos cartões postais mais famosos do Brasil, que atrai turistas do mundo todo, Foz do Iguaçu é uma parada obrigatória. Lá é possível encontrar as famosas Cataratas do Iguaçu, que foram consideradas uma das sete maravilhas da natureza e representam o maior conjunto de quedas d’água no mundo. 

O Parque das Aves é outro ponto turístico importante da região, onde é possível encontrar animais resgatados de tráfico e de maus-tratos. É também uma experiência em que é possível aprender como resgatar cuidar do meio ambiente. 

Fora da rota de atrações no meio da natureza, encontra-se o Marco das Três Fronteiras, que além de ter uma bela vista, um ótimo pôr-do-sol, demarca as fronteiras entre Brasil, Argentina e Paraguai, reunindo história e cultura.  

E por fim, um outro ponto que não pode faltar em qualquer roteiro para Foz do Iguaçu é a Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo. Ela une o Paraguai ao Brasil, pelo Rio Paraná, e fornece energia para os dois países, além de ser considerada uma das maravilhas da arquitetura moderna.

Leia também:

» Parque Histórico de Carambeí, um pedaço da Holanda no Paraná
» Roteiro de 2 dias em Curitiba
» Curitiba autoriza cultivo de hortas em espaços públicos
» Trem turístico Curitiba-Morretes oferece experiência com degustação de vinhos

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hospede-se em um casarão histórico e tenha dias de realeza em Ouro Preto

Artigo anterior

Pousada construída sobre rochas atrai turistas no Rio Grande do Norte

Artigo seguinte

Você pode gostar