As estatísticas dizem que os usuários mais ativos e numerosos da Internet são os chamados millennials e zoomers. Antes de prosseguir para o nosso tópico principal, é preciso definir exatamente a terminologia:

  • Millennials (Geração Y) — pessoas nascidas entre 1982 e 2000.
  • Zoomers (Geração Z) — pessoas nascidas entre o final dos anos 1990 e 2016. 

Alguns especialistas definem esses períodos cronológicos de forma ligeiramente diferente, mas a diferença não é significativa.

Os millennials assistiram ao surgimento, disseminação e desenvolvimento da Internet no mundo. Os zoomers nasceram quando a Internet se tornou literalmente onipresente. Por isso, os seus princípios de interação com a World Wide Web em geral e com serviços de namoro on-line em particular, são bastante diferentes. Vamos descobrir quais são essas diferenças.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Millennials e zoomers: a diferença é maior do que você pensa

Os millennials conheceram o novo milênio quando eram crianças ou adolescentes. Existem algumas características distintas da geração Y:

  • Os millennials são usuários ativos da tecnologia, tiveram smartphones na adolescência, consomem informações principalmente através da Internet. Mídias tradicionais como televisão, rádio ou jornais raramente são usadas.
  • Eles estão bastante disponíveis para conhecer pessoas na internet, mas preferem passar para encontros em pessoa o mais rápido possível.
  • Sites de namoro e aplicativos geralmente são tratados com lealdade, mas eles não são muito utilizados.  

Os zoomers, apesar da diferença de idade relativamente pequena, têm bastantes diferenças relativamente aos millennials:

  • Eles nasceram em uma era de uso massivo de tecnologias digitais e internet. Os zoomers praticamente não usam mídia tradicional e smartphones e computadores são seus itens do dia-a-dia desde a infância.
  • Eles preferem conhecer pessoas na Web, passam menos tempo falando em pessoa e preferem se comunicar por vídeo em vez de mensagens por texto.
  • Eles sofrem mais com a solidão, mais frequentemente enfrentam depressão e estresse.
  • Eles são muito leais a sites e aplicativos de namoro, apoiam o casamento entre pessoas do mesmo sexo e geralmente tratam bem a comunidade LGBT.

Em geral, os millennials e os zoomers são a principal base de usuários da Internet moderna. As gerações anteriores passam muito menos tempo online e a nova geração ainda é muito jovem para usar a Internet.

Gerações Y e Z usam serviços de namoro de forma diferente

Vamos agora tentar encontrar semelhanças e diferenças fundamentais entre gerações em relação ao namoro online. Para começar, tanto os millennials quanto os zoomers são usuários bastante ativos de serviços de namoro, embora suas abordagens ainda sejam diferentes.

  • 74% dos zoomers preferem conhecer pessoas online. Apenas um quarto deles prefere encontros no dia-a-dia. Já os millennials são igualmente ativos tanto online quanto off-line. Para eles, não há diferença na forma como eles se conhecem.
  • Os millennials são geralmente mais “lentos”. Eles podem conversar por dias e semanas, apenas por mensagem e, depois, gradualmente passar para a comunicação por vídeo e, só depois disso, para um encontro real. Os zoomers, por outro lado, preferem bate-papos por vídeo em vez de mensagens de texto. Nesse sentido, eles valorizam mais o seu próprio tempo e não o desperdiçam.
  • Os Zoomers estão procurando não apenas aquela pessoa especial em sites e aplicativos de namoro, mas também novos amigos. Ao mesmo tempo, os millennials encaram sites de namoro como plataformas para encontrar amor. Mas é claro que existem exceções em ambos os casos.
  • Os representantes da geração Y são bastante desconfiados relativamente a pessoas na Internet e muitas vezes procuram conhecer alguém novo. Os zoomers são mais abertos ao mundo e facilitam o contato. Ao mesmo tempo, eles não sofrem tanto com golpistas e fraudes porque navegam melhor no espaço da Internet e estão alertados para os métodos comuns de fraude na Web.
  • Os zoomers adoram tudo o que é novo. Sua atenção é atraída por novas aplicações e sites de namoro, especialmente aquelas recomendadas por seus blogueiros e outros influenciadores favoritos. Os millennials, por outro lado, preferem os apps clássicos, com provas dadas no passado, como o Tinder, que completa 10 anos em 2022, o Match, o Badoo, e assim por diante. Se possível, eles não querem fazer experiências e preferem usar aquilo que conhecem há algum tempo. Já os Zoomers estão constantemente procurando recursos e plataformas incomuns. Um exemplo marcante disso mesmo é a série interativa Swipe Night do Tinder, na qual os usuários podem influenciar diretamente o curso da trama. Ou o Vibes, um quiz no qual você precisa responder perguntas e pode ver as respostas de outros usuários.  

É preciso também entender que os princípios do uso de serviços de namoro são determinados não apenas pela idade dos usuários, mas também pelo desenvolvimento da tecnologia. Há 10 anos, a comunicação por vídeo em um site de namoro era rara e a velocidade da internet nem sempre permitia uma comunicação eficaz. Hoje, tudo é mais fácil que nunca. Portanto, tanto os zoomers quanto os millennials preferem se comunicar via vídeo cada vez mais frequentemente, não apenas em sites e aplicativos de namoro, mas na sua vida geral.

Millennials e Gen Z estão usando aplicativos de namoro de uma nova maneira, até para praticar idiomas

Jovens estão usando aplicativos de namoro até para praticar idiomas. Foto: Becca Tapert / Unsplash

Bate-papo por vídeo: um formato que combina com ambas as gerações

O bate-papo por vídeo aleatório está longe de ser um novo fenômeno. Os primeiros bate-papos por vídeo, o Omegle e o Chatroulette apareceram em 2009. Após isso, dezenas de excelentes alternativas foram criadas, muitas das quais hoje têm ainda mais popularidade do que esses sites pioneiros.

O Omegle, OmeTV e https://omeglebrazil.com/, bem como outros bate-papos por vídeo, dão aos usuários atuais da Internet muitas vantagens importantes:

  1. Comunicação rápida e conveniente sem perda de tempo. Basta ir ao site ou iniciar o aplicativo e, em alguns segundos, você estará conversando com uma nova pessoa.
  2. Cadastro rápido ou, em alguns casos, não é preciso nem criar perfil. Muitos bate-papos por vídeo não exigem cadastro nem a inserção de dados pessoais. Por exemplo, o Omegle.
  3. Número enorme de usuários interessados em comunicação. Chegando ao bate-papo por vídeo, os usuários buscam objetivos específicos, como se comunicar com novas pessoas, fazer amizades interessantes e, até mesmo, encontrar a tal pessoa especial.
  4. Anonimato e confidencialidade. Os bate-papos por vídeo, se falarmos de serviços comprovados, não coletam dados pessoais dos usuários e fornecem um alto nível de confidencialidade.
  5. Ponte entre gerações. Sim, é verdade. Para muitos usuários atuais os bate-papos por vídeo são serviços convenientes para se comunicar sem importar com idade, geolocalização e outros parâmetros. Liberdade máxima!

Acreditamos que hoje as plataformas de bate-papo por vídeo podem substituir completamente os sites de namoro para millennials e zoomers, até servindo como uma forma de conhecer pessoas e praticar novos idiomas com estrangeiros do mundo todo. Experimente esse formato e verá. Ou então combine os dois formatos de comunicação e expanda seu círculo e opções.

Aplicativos para praticar idiomas com estrangeiros

Aplicativos para praticar idiomas com estrangeiros. Foto: Daria Nepriakhina / Unsplash

Resumindo

Como você pode ver, existe realmente uma diferença entre as gerações Z e Y, mas essa diferença não é enorme. São pequenos detalhes em comportamento e percepção do mundo exterior, que ainda separam millennials e zoomers.

O principal que devemos lembrar é que todas as pessoas sofrem de solidão da mesma forma. Todos precisamos de comunicação para nos sentirmos como um membro pleno da sociedade e viver em harmonia com o mundo. Os serviços de namoro de todos os tipos podem nos dar essa oportunidade. Descubra-os você mesmo. Talvez sua vida mude para sempre!

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Inscreva-se em nosso canal:
 

Planeje sua Viagem


Três vinhos para harmonizar com pratos quentes e dias frios

Artigo anterior

Hotel voador capaz de ficar anos sem pousar, conheça o Sky Cruise

Artigo seguinte

Você pode gostar