Implantada ao longo dos últimos anos, o turismo LGBTQI+ tem sido um segmento que mais cresce no ramo de viagens!

THE turismo no segmento LGBTQI+ tem crescido ao redor do mundo. Em uma conferência organizada pela revista ViaG realizada em 2018 em São Paulo – 2º fórum de LGBT tourism no Brasil 2018 – foram apresentadas diversos destinos. Dos mais procurados aos mais acessíveis, cada um deles apresentava motivos suficientes para o crescimento desse setor.

Confira abaixo 15 destinos Gay Friendly para viajar ao redor do mundo.

Read too " Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

San Francisco


Photo: Free-Photos / Pixabay

San Francisco é a quarta cidade mais populosa do estado da Califórnia nos Estados Unidos. É popularmente conhecida com a capital Gay. É assim chamada devido a um dos seus principais representantes políticos: Harvey Milk, o primeiro político assumidamente gay a vencer uma eleição. Em sua candidatura, interrompida por uma assassinato, garantiu e lutou a favor de direitos aos cidadãos gays da Califórnia e dos EUA como um todo. Essas políticas públicas alcançadas depois de muito esforço e resistência permitiram segurança tanto para quem visita a cidade como para àqueles que residem.

cancun


Photo: Dronepicr / Wikimedia Commons

Other cidade que atrai muito o turismo LGBTQI+ no mundo é Cancún, localizado no estado de Quintana Roo no México. Evidentemente, Cancún é um destino preferido por todos pela beleza e tranquilidade de suas praias. Mas, também, sempre chamou a atenção do público LGBTQI+ pela respeitabilidade. Tanto que, devido ao largo turismo gay, foi organizado a Semana Gay de Cancún. Estes 7 dias de festas é um dos eventos principais voltado ao público LGBTQI+ no mundo. Vale conferir!

Berlin


Foto: Kai_Vogel / Pixabay

A capital Alemã é reconhecida, além da vida cultural agitada, pela sua diversidade vivenciada no cotidiano das ruas. Logo após o fim da segunda guerra mundial, a Alemanha – ainda não unificada – passou a adotar diversas políticas de proteção e cuidado com os cidadãos perseguidos. Essas seguranças garantidas a muito custo geraram um clima de pacificidade, sobretudo, aos seus visitantes e turistas. Vale mencionar, que a vida noturna oferece amplas opções para o público LGBTQI+

Tel Aviv


Foto: via Trip & Travel Blog

A segunda maior cidade de Israel, e referida como capital, é conhecida como a meca gay no oriente médio. Além da semana da Parada de Tel Aviv, um outro motivo que atrai o público gay é o fato de que Tel Aviv é a exceção no oriente médio. Outros países que circundam Israel não possuem a mesma postura de respeitabilidade para com o público LGBTQI+, podendo inclusive, ser julgado como crime o afeto entre pessoas do mesmo sexo.

Las Vegas


Foto: Moyan Brenn / Wikimedia Commons

Localizada no estado de Nevada, Las Vegas, atrai tanto os viajantes que preferem tranquilidade como aqueles mais empolgados com a vida noturna. Os casinos de Las Vegas são a reconhecidos internacionalmente, mas o roteiro de entretenimento é muito mais amplo dos que os jogos. A cidade recebe sazonalmente eventos voltado à população LGBTQI+, de conferências a festas públicas conduzida por Djs conhecidos internacionalmente.

barcelona


Photo: kirkandmimi /Pixabay

Para muitos é um paraíso para qualquer turista, mas, cada vez mais o turismo no segmento gay cresce. A cidade como um todo possui uma postura de respeitabilidade, entretanto há alguns bairros diretamente voltado a atender ao público LGBT´s com diversos bares e boates – um bom exemplo é o bairro L´Eixample. É reconhecido também por promover a Parada Gay mais frequentada do mundo.

Mykonos


Foto: EvanRoss / Pixabay

Essa ilha Grega faz parte do arquipélago das Cíclades, no centro do Mar Egeu. Além de bares, casas noturnas e boates, Mykonos – ou Míconos – possui hotéis reservados ao público gay, bem como praias de nudismo. Todo o cenário Grego que vemos em fotos e reportagens de revista está presente na ilha de Mykonos, além de suas praias lindas de água transparente. Durante o verão é possível, também, aproveitar as discotecagens eletrônicas que ocorrem na beira da praia.

Rio de Janeiro


Photo: Poswiecie / Pixabay

A cidade maravilhosa já foi eleita diversas vezes como o melhor destino LGBT pela Conferência Internacional de Turismo LGBT. Essa atração não ocorre apenas pelos inúmeros bares e baladas que estão ao longo da cidade, certamente, o que atrai não é apenas a vida noturna, e sim – e também! – as praias movimentadas ao longo do dia. O carnaval é também um evento que chama a atenção do turismo LGBT nacional e internacional.

Brigthon


Photo: 12019 / Pixabay

A comunidade LGBT e Gay de Brighton é a maior da Inglaterra, isso já atesta o porque o turismo neste segmento é frequente na região. Conhecida com a capital gay da Inglaterra, oferece uma vida noturna vasta para viajantes do mundo inteiro. Brigthon, inicialmente, era reconhecida pela pesca, somente mais tarde passou a receber o título de cidade preferida dos estilistas. Historicamente há um dado interessante que confirma o título de capital gay. Durante as guerras Napoleônicas a região recebia inúmeros soldados LGBT que construíram pequenos bairros e vilarejos.

aruba


Foto: chengtzf / Pixabay

Aruba já foi eleita diversas vezes como a melhor ilha de férias do mundo. Está localizada ao largo da costa da Venezuela. É um território autônomo do Caribe e recebe anualmente milhares de turistas. Reconhecido como um destino Gay-Friendly por sua vida noturna agitada, e também para àqueles que irão realizar a lua de mel. A ilha é conhecida, pelos habitantes locais, como “One Happy Island”, e quem a visita confirma essa expressão.

Porto Rico


Foto: MariamS / Pixabay

O arquipélago localizado no caribe de língua espanhola é um destino procurado por diversos turistas. As praias caribenhas como um todo são os principais atrativos. Recentemente, o governo de Porto Rico anunciou que irá banir o termo e práticas de “Cura Gay”, demonstrando, internacionalmente, o respeito que tem pelos visitantes que frequentemente estão pelas ilhas. Um outro dado importante que confirma Porto Rico como um destino Gay-Friendly são os frequentes pronunciamentos de seus representantes referindo-se a si mesmo com “Compatriotas da comunidade LGBT do mundo”.

Florianopolis


Photo: jdbenthien / Pixabay

A capital Catarinense possui amplos motivos para receber o turismo gay internacional e nacional. Além de ser uma das cidades pioneiras em discutir a discriminação contra o público LGBT como crime, já foi sede de inúmeros fóruns que debatem a temática. A Praia Mole e Praia do Galheta são as mais procuradas pelo público. Em Florianópolis acontece também a segunda maior Parada Gay do país.

amsterdam


Foto: 1919021 / Pixabay

Cerca de 30% da população de Amsterdã se reconhece como pertencente a comunidade LGBT, isso já é um enorme indício da receptividade em relação ao turismo gay. Holanda foi o primeiro país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A capital possui serviços de hospedagem e consumo direcionada ao público LGBT, além da Parada Gay que percorre os canais da cidade tornando o evento ainda mais lindo. Em Amsterdã existe um monumento em homenagem àqueles que lutaram para garantir os direitos gays e LGBT. São três triângulos rosas que constituem o chamado de Homomonument.

London


Photo: Free-Photos / Pixabay

A cidade inglesa é conhecida por ter a maior população gay da Europa, devido a isso é considerada, não oficialmente, como a capital gay da Europa. Em uma pesquisa realizada pela Office National Statistics a propensão de se identificar com a comunidade LGBT por parte da população é maior na cidade de Londres. O cenário local que desenvolve atrações voltadas ao público LGBT é cada vez mais crescente, acompanhando o aumento do turismo neste segmento, bem como a população local.

Paris


Photo: Free-Photos / Pixabay

Paris é reconhecida mais pela sua extensa programação cultural do que, necessariamente, a promoção de eventos e atividades direcionadas ao público gay ou LGBT se comparada ao restante dos países europeus. Entretanto, a região de Marais reserva uma vasta quantidade de programações voltadas e direcionadas ao público em questão. Evidentemente, se resumem a vida noturna, onde é possível encontrar muitas pessoas. Isso não significa que durante o dia não há o que se fazer. Pelo contrário, a respeitabilidade para com os turistas é comum entre os parisienses, ainda mais se tratando do turismo LGBT. Desta forma, a agenda ideal é aproveitar a visita a museus e palácios durante o dia e durante noite conhecer os bares, cafés e casas noturnas do bairro de Marais.

O crescimento excessivo do turismo LGBT representa também um avanço importante no que se refere à discussão e aceitação à diversidade, gerando respeito e direitos. Nas diversas conferências realizadas nos últimos anos o que estava em questão não era gerar atrações destinadas apenas a esse público, mas, sim, uma garantia de segurança e convívio harmonioso entre os diferentes.

Certamente, o que esses lugares representam é muito mais do que apenas viagens, mas, também, uma aceitação mais pacífica.

» 5 countries where LGBTphobia is a crime
» Tourist itinerary in Alagoas: Ecological Route
» Best beaches to enjoy in California
» 16 photos that will leave you dying to visit Jericoacoara

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os best destinations do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes places to visit in Brazil e no exterior. São milhares de travel tips com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotels, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Subscribe to our channel:
 

Plan your Trip


7 Brazilian ecovillages to discover, learn and rest

Previous article

10 different experiences to do in Buenos Aires

Next article

You may also like