Medida tem como objetivo incentivar o retorno de turistas para a Sicília após pandemia

A Itália foi um dos países mais atingidos pelo novo coronavírus. Como um tentativa de reerguer o turismo local caso a pandemia seja controlada num futuro próximo, a paradisíaca ilha da Sicília está oferecendo um grande incentivo aos viajantes.

Em nota divulgada, o governo local se comprometeu em pagar metade das passagens aéreas de viajantes e um terço de reservas em hotéis a todos turistas que visitarem o destino. Além disso, entradas em museus e atrações também terão entrada gratuita.

Apesar de parecer pouco provável, a medida foi uma solução encontrada para incentivar turistas a voltarem a visitar a região italiana. É estimado que desde o início da pandemia a Sicília tenha perdido mais de um bilhão de euros por conta das paralisações.

Sicília pandemia

Foto: VisitSicilia.com

Para quem tiver interesse em receber o benefício, o site da entidade de turismo local, Visit Sicily, disponibilizará vouchers assim que as fronteiras do país foram reabertas.

Ainda não há previsão para o retorno das atividades turísticas no país, mas já existe algum esforço para que isso aconteça aos poucos. Com um retorno gradativo, alguns restaurantes italianos já poderão reabrir suas portas a partir de 4 de maio.

Leia também:

» 50 destinos nacionais para visitar quando a quarentena acabar
» Blogs de viagens estão incentivando leitores a ficarem em casa
» Flamingos pintam Mumbai de rosa durante a quarentena
» 12 países que aceitam brasileiros para trabalhar

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Blogs de viagens estão incentivando leitores a ficarem em casa

Artigo anterior

Leia um destes 15 livros e viaje para outros países sem sair de casa

Artigo seguinte

Você pode gostar