Entrevistamos brasileiros que vivem na Espanha e trabalham com turismo para entender melhor como está a situação do país após o coronavírus 

A Espanha foi um dos países mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. No início março, o governo decretou um confinamento estrito durante mais de dois meses. Agora, com os casos controlados, o país começa aos poucos a retornar para a vida normal, ainda que com restrições e cuidados.

Assim também acontece com o turismo, que dá os primeiros passos para um recomeço gradativo. O país abriu suas fronteiras com outros países da Europa, que pertencem ao espaço Schengen, no dia 21 de junho. Agora, desde 1º de julho, alguns turistas de outros países também podem entrar no país. Cidadãos brasileiros, contudo, devido à situação não controlada da doença no país, ainda não podem visitar a Espanha. 

Para entender melhor a situação atual na Espanha, mais especificamente em Madrid, e as expectativas para o futuro, entrevistamos Andréa Lima, CEO da agência de turismo Descubra Madrid, que é especializada em receber turistas brasileiros no país. 

Coronavírus na Espanha: brasileira que vive em Madrid fala sobre situação atual do país

Brasileiros que vivem na Espanha falam sobre retomada do turismo no país

Brasileiros que vivem na Espanha falam sobre retomada do turismo no país. Foto: Unsplash

Guia Viajar Melhor – Pode dizer como está a situação atual em Madrid na visão de um morador? Houve ação efetiva e preocupação do governo local?

R: Aqui em Madrid fomos os primeiros a sofrer com a crise do Covid. Após o decretado o estado de emergência em Itália, a Espanha foi o segundo país mais atingido pela pandemia. A resposta do governo foi rápida e severa.

O primeiro caso apareceu de forma oficial dia 26/02 e dia 09/03 já haviam suspendido as colégios, universidade, espetáculos, eventos esportivos. Decretou-se o estado de alarme, onde o governo assumiu o comando de todas as províncias, e isso só foi suspenso dia 21/06. Estivemos 45 dias confinados de forma severa. Os outros 45 dias foram as desescalada de aconteceu de forma gradual. A ação foi efetiva e necessária.

Guia Viajar Melhor – A população, de forma geral, respeitou as normas de distanciamento social? Como tem sido sua vida pessoal nesses últimos dois meses?

R: A população acatou as normas, e os que não respeitavam, de acordo com a desobediência, eram multados com multas entre 600 euros chegando até 600 mil dependendo da gravidade. Em geral foram responsáveis. 

 Guia Viajar Melhor – Como está ocorrendo esse retorno à normalidade?

R: No dia 1º de julho abrem as fronteiras aos países que não são da união Europeia, em princípio serão 15 países aceitos, EUA, Rússia e Brasil estão fora da lista dos países aceitos. A lista de bloqueio não é permanente, é somente enquanto os países estiverem em situação epidemiológica descontrolada.

Guia Viajar Melhor – Como está sendo a reabertura do turismo no país neste primeiro momento?

R:. De momento, o movimento que vemos nas ruas são apenas de residentes. Caminho pelo centro, sentindo falta daquela muvuca, aquele corre-corre de turistas arrastando suas malas nas grandes vias. Os hotéis por exemplos, muitos continuam fechados. São poucos que estão abertos.

Guia Viajar Melhor – Como está sendo os vôos internacionais que chegam em Madrid? Há muitas restrições e medidas de segurança que você pode nos contar? 

R: Os passageiros que desembarcam em Barjas, passam por 3 controles: de temperatura, um controle visual, preenchimento de um formulário, que indica onde o passageiro irá hospedar-se, se já teve COVID-19. A Comunidade de Madrid, fez uma solicitação ao ministério de interior solicitando que exija aos passageiros um PCR ( um exame com data de 2 dias antes da viagem, que assegura que o passageiro não esteja infectado). 

Guia Viajar Melhor – Madrid lançou pacotes de seguro-saúde aos turistas e moradores? Se sim, quais as expectativas frente a isso?

R: Madrid tem uma cobertura de sanitária para os moradores, gratuita. Algumas seguradoras em Espanha já incluíram a COVID-19  na apólice de seguro viagem. 

Guia Viajar Melhor – Quais locais e atrações de Madrid as agências estão priorizando neste momento? Exemplo: atrações ao ar livre, roteiros alternativos, cidades menos turísticas, locais com menos aglomeração, etc.

R: Por enquanto os locais fechados estão operando a 60 % , como  os museus, teatro e cinemas e hotéis. A partir do dia 05/07 passará a 75%. Os parques e zoológico, estão na mesma situação, funcionando a 60% até dia 05/07 e depois passará a 75%. Creio que durante o mês de julho vamos notar um pouco mais do turismo Europeu, pois a Espanha é, juntamente com Portugal, o principal destino turístico do verão.

Guia Viajar Melhor –  Poderia dizer quais os principais cuidados que estão sendo tomados em relação à hotelaria, restaurantes e visitas a atrações ?

R: Há um controle bastante intenso em todos os lugares no centro da cidade. Cada loja, hotel, restaurante que entre, deve-se usar máscara e usar o álcool em gel que estão nas portas. Os parques, cada vez que o visitante sobe a uma atração, eles limpam com álcool e há um distanciamento social. Postos de informação contam com vitrine de proteção.

Guia Viajar Melhor – Por que um turista brasileiro deve incluir Madrid como destino assim que tudo estiver normalizado?

R: Madrid é um destino a temporal, há atividades para qualquer período do ano, com uma grande oferta gastronômica, cultural. É o terceiro destino mundial em feiras e congresso, além de ser uma das capitais europeias mais seguras. As grandes seguradoras já possuem um seguro viagem com cobertura do COVID-19.

Guia Viajar Melhor –  O que os turistas brasileiros que desejam visitar em Madrid depois da pandemia podem esperar? 

R: Por aqui estão bastante exaustivas as medidas de prevenção. Para as empresas do setor, foi criado um série de protocolos que devemos ter, e há uma fiscalização intensa, para assegurar que estão sendo cumprida as normativas. Até sair a vacina, seguirão esses protocolos. A situação epidemiológica por aqui está controlada.

Guia Viajar Melhor – Como a agência está se preparando para receber o turista assim que a situação estiver controlada? Há planos de disponibilizar itens de segurança individual como máscaras, álcool em gel e outros?

R: Temos sim. A utilização de álcool em gel nas mãos, vitrine de proteção dentro dos carros, limpeza reforçada dos veículos, entre outras. 

Guia Viajar Melhor –  Você tem recebido solicitações de turistas para viagens no final deste ano ou em 2021? Em caso positivo, poderia informar quais são as perguntas mais comuns nesse primeiro momento? 

R: Tenho para janeiro. Muitos me perguntam se tenho informação se até lá o brasileiro poderá entrar. Essa é a pergunta que todos querem saber. Recebo muitas mensagens diretas no Instagram perguntando sobre se devem ou não adiar a viagem.

Leia também:

» Homem se veste de dinossauro para fugir de quarentena na Espanha
» O que fazer em Madri: 16 atrações turísticas incríveis
» Conheça os principais museus de Madrid
» Para celebrar reabertura, teatro na Espanha realiza concerto para 2 mil plantas

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Essas incríveis casas na árvore em Bali podem ser alugadas por menos de R$150

Artigo anterior

A retomada do turismo na Itália na visão de um brasileiro que vive no país

Artigo seguinte

Você pode gostar