Em meio à pandemia, fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, reuniu artistas e intelectuais do mundo todo para alertar sobre a importância de proteger os povos originários do Brasil 

Intelectuais, artistas e autoridades do mundo todo se unem em manifesto publicado nesta semana. Nomes internacionais como Paul McCartney, Madonna, Pedro Almodóvar, Brad Pitt, Sting, Sylvester Stallone e até o príncipe Albert II, de Mônaco, entre outros, assinam manifesto. Neste momento, ação busca pressionar autoridades brasileiras quanto à importância de proteger os povos originários do Brasil

Em meio à pandemia, as regiões extremas do território brasileiro correm ainda mais riscos. Em manifesto publicado nas redes sociais, fotógrafo brasileiro convoca grandes nomes da atualidade e alerta sobre a necessidade no combate à pandemia que assolou o mundo todo.

Ao ser entrevistado, por telefone, pela Folha de SP, Sebastião Salgado cita números assombrosos que mostram a gravidade do problema nas regiões mais afastadas do Brasil, que já carecem, historicamente, de vigilância e estrutura médica. “Só em Roraima, calculam-se em torno de 20 mil garimpeiros dentro do território ianomâmi. Há madeireiros invadindo para todo lado.”

A pressão internacional, como aconteceu nos meses de julho e agosto de 2019, durante os incêndios florestais da Amazônia, foram fundamentais na mobilização por parte das autoridades, com o objetivo de proteger a maior floresta tropical do mundo e suas comunidades. 

Manifesto Sebastião Salgado

Fotografia de um grupo ashaninka, feita por Sebastião Salgado, durante expedição no extremo oeste do Acre.

Manifesto pela proteção dos povos indígenas do Brasil

Celebridades brasileiras também se juntaram à causa encabeçada pelo fotógrafo e sua esposa, Lélia Wanick Salgado. Leia parte do manifesto abaixo e ajude assinando a petição.

“Eu sou Sebastião Salgado e peço a você que se junte à inúmeras pessoas em todo o mundo para fazer um apelo urgente aos dirigentes do Brasil. O que juntou todas essas pessoas durante a pandemia, é que elas têm medo de que o terrível vírus que ataca o planeta, seja ainda mais violento para os índios do Brasil. Despreparados para enfrentar as doenças dos brancos, os indígenas brasileiros têm sido vítimas de epidemias há mais de 500 anos.

Mas, agora, se junta a essa ameaça o relaxamento da vigilância do Estado, as invasões de garimpeiros, madeireiros e fazendeiros ilegais, os incêndios criminosos que aumentaram nas últimas semanas. O Brasil tem o maior número de grupos indígenas isolados em todo o planeta e eles são ainda mais sensíveis a pandemia.

Eles precisam do nosso apoio, por isso essas pessoas pedem ao Presidente da República e aos líderes do Congresso e do Judiciário do Brasil, que criem uma força-tarefa para retirar das terras indígenas os invasores ilegais e possa garantir para seus habitantes originais a proteção de sua saúde. O Brasil tem uma dívida com seus primeiros habitantes. Esta é a hora de fazermos o que já deveria ter sido feito há muito tempo.” Confira o vídeo na íntegra:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Manifesto Indígenas 2020 (@2020indigenas) on

 

Mais de 18 etnias já foram afetadas pelo coronavírus

Segundo reportagem publicada pela jornalista Maria Fernanda Ribeiro, no portal De Olho nos Ruralistas, a pandemia já chegou em 18 etnias do país, impactando a realidade nas aldeias e nas cidades onde há maior concentração de grupos indígenas, como nos estados do Pará, Amazonas, Roraima e Amapá.

» Como o turismo de base comunitária pode transformar a Amazônia
» Mundo em quarentena: fotos mostram pontos turísticos vazios
» Conheça quatro projetos para fazer trabalho voluntário na Amazônia
» Estudo da FGV prevê normalização do turismo no Brasil apenas no fim de 2021

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Volta no tempo: pesquisadores recriam Ouro Preto de 1760 em vídeo 3D

Artigo anterior

Uso de máscaras será obrigatório em voos da Latam e Gol

Artigo seguinte

Você pode gostar