Catar impõe até 3 anos de prisão ou multa de até 50 mil euros para quem estiver sem máscara na rua

Quem estiver sem máscara de proteção em público no Catar poderá ser multado em mais de 50 mil euros ou até ser preso por até três anos. Isso porque o país iniciou, no último domingo (17), uma série de sanções que penalizam pessoas que estiverem circulando sem o uso da proteção.

Até agora o país está com mais de 30 mil infectados – o que corresponde a mais de 1% da população – e 15 mortes em decorrência do novo coronavírus.  Segundo matéria publicada pela Revista Exame, depois do Catar, apenas San Marino e o Vaticano registraram um maior número de infectados por habitante.

catar máscaras prisão

Foto: Pixabay

O que pode ter facilitado o alto índice de infectados, segundo autoridades locais, foram as reuniões de celebração muçulmana do Ramadã. Para conter os avanços da pandemia, comércios foram fechados no país e apenas a construção civil – em razão da Copa do Mundo de 2022 – se encontra em funcionamento com restrições e esquemas de segurança para evitar contágios.

Leia também:

» Todos os hospitais privados da Irlanda são declarados públicos
» Veja algumas formas de ajudar os hospitais de Manaus sem sair de casa
» Islândia deve abrir para turistas em junho com testes COVID-19 na chegada
» Políticos da Bulgária renunciam salários até o fim da pandemia

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Todos os hospitais privados da Irlanda são declarados públicos

Artigo anterior

Nikon oferece cursos online gratuitos de fotografia durante quarentena

Artigo seguinte

Você pode gostar