Chile volta a receber turistas, mas brasileiro precisa fazer quarentena

Após reabrir a fronteira, o Chile passou a exigir quarentena de 14 dias dos passageiros que tiverem como origem de países onde a transmissão comunitária da covid-19 não esteja controlada, caso do Brasil.

Os passageiros deverão apresentar logo na chegada um Teste RT-PCR com resultado negativo realizado até 72 horas antes do embarque, seguro de saúde com cobertura de, no mínimo, US$ 30 mil e que cubra tratamento para coronavírus, e um formulário “Declaração de Saúde” preenchido 48 horas antes do embarque onde deve constar as condições de saúde do viajante e que pode ser encontrado neste link.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Foto: Divulgação

O país também anunciou um outra medida de monitoramento por meio de um aplicativo, que permitirá o rastreamento dos visitantes e ação rápida ao surgimento de qualquer episódio que requeira atenção.

Por enquanto, o único ponto de entrada no país será o Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez, em Santiago. Outros meios de entrada, sejam terrestres ou marítimos, permanecerão fechados até um novo anúncio do governo.

Leia também:

» Peru anuncia retorno dos voos internacionais
» Colômbia anuncia retomada de voos internacionais
» Governo suspende reajuste de ingressos em parques nacionais
» Itália pagará passagens aéreas e hospedagem como medida para reviver o turismo

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Serra da Mantiqueira tem Natal com festival gastronômico de frutas vermelhas

Artigo anterior

Empresa das Bahamas vai oferecer viagem ao Titanic

Artigo seguinte

Você pode gostar