Brasileiros que vivem na França relatam situação de fronteiras, atrações e viagens. Saiba mais sobre o retorno do turismo no país. 

A França é um dos destinos mais desejados por brasileiros. Por este motivo, muitos viajantes se perguntam quando será possível voltar a viajar pelo país, buscando informações sobre fronteiras e retorno das atrações. Aos poucos, o destino retorna gradativamente à normalidade. 

Em maio, restaurantes, lojas e cafés voltaram a funcionar no sistema de delivery, mas só abriram as portas no dia 2 de junho. Neste mesmo mês, o governo da França anunciou medidas no valor de 18 bilhões de euros para apoiar o setor de turismo contra o impactos causados pela pandemia. As fronteiras do país foram reabertas para nações que integram o espaço Schengen – zona de livre circulação da União Europeia – em 15 de junho. 

Já em 1º de julho, as fronteiras foram também abertas para alguns países de fora da União Europeia. O Brasil, por ser considerado um local onde a pandemia ainda não está controlada, não entrou nessa lista, ao menos neste primeiro momento. Recentemente, as atrações parisienses mais famosas também começaram a voltar. O Museu do Louvre abriu suas portas para visitantes nesta última segunda-feira (dia 7), após quatro meses fechado. 

Para entender toda a situação da França entrevistamos Luiz Antonio Ferreira, brasileiro que vive no país e que acompanhou cada fase desse processo de perto. Luiz também é CEO da França entre Amigos, empresa de receptivo em Paris, Nice e em outros destinos franceses, especializada em em turismo para brasileiros. 

Retorno do turismo na França: brasileiro fala sobre  atrações, fronteiras e viagens

Fronteiras, atrações e viagens: como está o retorno do turismo na França? 

Foto: Divulgação

Guia Viajar MelhorPode dizer como está a situação atual da França na visão de um morador? Houve ação efetiva e preocupação do governo local?

R: A COVID-19 parece que ficou para trás e a preocupação agora é combater os danos econômicos. Muitos restaurantes fecharam (1 a cada 5 não aguentou) e centenas de outros segmentos estão muito abalados. Muitas pessoas estimam que a partir de setembro, quando ocorrerá o retorno às aulas (nosso pós-carnaval no Brasil) haverá muitas manifestações.

O governo ajudou como pôde, emprestando dinheiro a juros baixos e para pagar daqui 1 ano, mas muitas empresas não estão vendo interesse em se endividar para atravessar uma situação que parece não ter fim.

Guia Viajar Melhor A população, de forma geral, respeitou as normas de distanciamento social? Como tem sido sua vida pessoal nesses últimos dois meses?

R: Respeitou a partir do momento que a polícia começou a multar. Inicialmente não estavam levando muito a sério. Minha vida pessoal está normal, exatamente como antes. A diferença é que sempre levo uma máscara no bolso, pois para entrar em lugares fechados o uso é obrigatório. Também faço menos apertos de mão com pessoas que conheço.

Guia Viajar MelhorComo está ocorrendo esse retorno à normalidade?

R: Bem, acho que a França geriu bem a crise.

Guia Viajar Melhor Como está sendo a reabertura do turismo no país neste primeiro momento?

R: As fronteiras já estão abertas. Porém, os países que apresentam complicações na gestão da crise, como EUA, Brasil e Rússia, estão proibidos de entrar neste primeiro momento.

Guia Viajar MelhorComo está sendo os voos internacionais que chegam na França? Há muitas restrições e medidas de segurança que você pode nos contar? 

R: Pelo que percebi, não estão muito rigorosos uma vez que o turista vem de um país com direito de acessar o território francês.

Guia Viajar Melhor A França lançou pacotes de seguro-saúde aos turistas e moradores? Se sim, quais as expectativas frente a isso?

R: A saúde aqui é pública, os testes são gratuitos. Neste sentido, o acesso a saúde continua igual e para todos.

Guia Viajar Melhor Quais locais e atrações da França as agências estão priorizando neste momento?

R: Há muita propaganda nos meios de comunicação para viagens dentro da França.  O francês, em geral, viaja muito pelo mundo e sempre vemos propagandas para lugares exóticos. Porém, este ano, estão divulgando muito a França mesmo. Viagens locais são tendências neste começo do novo normal.

Guia Viajar Melhor Poderia dizer quais os principais cuidados que estão sendo tomados em relação à hotelaria, restaurantes, visita e atrações, etc?

R: Nos restaurantes, uma mesa de intervalo com menus com QR Code. Nas atrações, compras de bilhete antecipada e o uso de máscara é obrigatório. Na hotelaria, muita higienização, seguindo os protocolos exigidos pelos órgãos de saúde local. 

Guia Viajar Melhor Por que um turista brasileiro deve incluir a França como destino assim que tudo estiver normalizado?

R: Porque a França é o melhor país do mundo para ser visitado, com excelentes hotéis, infraestrutura, história, gastronomia, vinhos, lugares pitorescos. A França tem tudo para agradar o viajante: o francês ama o Brasil e tem muita empatia com a gente.

Guia Viajar Melhor – O que os turistas brasileiros que desejam visitar a França depois da pandemia podem esperar?

R: Uma atenção a mais com higiene, uso de máscaras e distanciamento social, mas nada muito diferente do que ocorre em outros países.

Guia Viajar Melhor Como a agência França Entre Amigos está se preparando para receber o turista assim que a situação estiver controlada? Há planos de disponibilizar itens de segurança individual como máscaras, álcool em gel e outros?

R: A equipe usará máscara e os carros possuem álcool gel em abundância. 

Guia Viajar Melhor Você tem recebido solicitações de turistas para viagens no final deste ano ou em 2021? Em caso positivo, poderia informar quais são as perguntas mais comuns nesse primeiro momento?

R: No momento estamos sem pedidos para 2020, pois estamos todos sem saber quando as fronteiras com o Brasil estarão abertas. O que recebemos muito são perguntas de “quando poderei viajar a França?”. As pessoas estão esperando por essa data para poderem planejar a viagem com segurança.

Leia também:

» 15 filmes para viajar até a França sem sair do seu sofá
» Conheça o parque na França inspirado em “O Pequeno Príncipe”
» Melhores restaurantes de Paris segundo turistas
» Rua de Recife é eleita a terceira mais bonita do mundo por revista norte-americana

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Brasileiros relatam situação do coronavírus em Bariloche: quando poderemos viajar novamente?

Artigo anterior

O brasileiro não conhece o Brasil, mas deveria

Artigo seguinte

Você pode gostar