Uma das 7 maravilhas do mundo, a antiga cidade de Petra, na Jordânia, é um dos destinos mais procurados do Oriente Médio. Localizada ao sul de Amã, capital do país, Petra também é mundialmente conhecida como “A Cidade Perdida”. Isso porque o lugar está, surpreendentemente. escondido entre os cânions e as montanhas da região.

Além disso, esculpidas por tribos do deserto que viveram por esses territórios há milhares de anos, a cidade prosperou por estar posicionada estrategicamente na rota comercial que interligava todo o Oriente Médio, abrigando uma das construções mais impressionantes do mundo.

Nabasteus

Durante muito tempo, Petra foi uma das cidades mais importantes dessa região, graças aos nabasteus, uma comunidade árabe nômade muito conhecida por serem mestres na engenharia.

Isso porque em uma época com tecnologias e ferramentas completamente escassas, esses povos construíram uma rede de cisternas e represas, além de canais para abastecer a cidade. Construções extremamente precisas e modernas para o período, mesclavam estilos gregos e romanos, junto ao traço nabateio.

No século XIX a cidade caiu em esquecimento, sendo “redescoberta” em 1812 pelo explorador suíço, Johan Ludwig Burckhardt, que teve que se disfarçar como árabe durante meses para conseguir chegar ao local.

Nello Anastasio

Foto: Nello Anastasio

Petra, Jordan

1. Foto: Flickr- Royal Tomb Petra

Como chegar em Petra

O modo mais fácil e rápido de chegar a Petra é através do aeroporto de Amã.  O percurso é feito de carro ou ônibus que saem do terminal rodoviário da capital e dura cerca de 3h30 até o desfiladeiro conhecido como Siq – um estreito caminho construído entre dois desfiladeiros gigantes distanciados por, no máximo, 3 metros.

Além disso, o santuário de Petra é muito grande. Portanto, é aconselhável passar pelo menos 2 dias para conhecer todas as atrações.

O maravilhoso prédio do Tesouro, conhecido por aparecer no filme “Indiana Jones e a Última Cruzada”, é, como resultado, o principal ponto de visitação. Porém, há ainda outros pontos que não podem ser esquecidos, como o teatro, as tumbas reais e o altar do sacrifício.

Petra

2. Foto: Flickr – dim_22

A cidade perdida - Jordânia

3. Foto: Michelle Rousell

7 maravilhas do mundo

4. Foto: Wojtek Ogrodowczyk

Jordânia

5. Foto: Flickr – Nadynee_

Qual a melhor época para visitar a cidade de Petra?

Por estar no deserto, Petra é um destino muito quente, ainda mais no verão. Por isso, para quem não gosta do calor intenso, o melhor é visitar a cidade na primavera ou outono, quando as temperaturas são mais agradáveis.

Petra

6. Foto: Flickr – XiaioYang

Leia também:

» Cidades e destinos turísticos no Oriente Médio
» Viajando para o Egito, lugares surpreendentes para conhecer no país
» Chefchaouen a cidade azul em Marrocos
» Uma viagem pelo passado: conheça os principais sítios arqueológicos do mundo

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Setenil de las Bodegas: a Cidade de Pedra na Espanha

Artigo anterior

Rota dos Contos de Fadas: viaje pelo mundo dos Irmãos Grimm

Artigo seguinte

Você pode gostar