Até o momento, produção das máscaras criadas pelos mergulhadores já ajudou a remover mais de 500 quilos de plástico dos oceanos

Não há como negar que a pandemia do coronavírus é um momento que extremamente preocupante. No entanto, mesmo diante desta situação, algumas pessoas conseguem se mobilizar para fazer o bem.

Grupos de empresários brasileiros, por exemplo, estão criando ações para conseguir respiradores a hospitais públicos. Agora, nos Estados Unidos, um grupo de mergulhadores está transformando o lixo plástico retirado dos oceanos – como garrafas – em máscaras que protegem do contágio.

A produção das máscaras está sendo realizada pela pela Associação Profissional de Instrutores de Mergulho (PADI), localizada na Califórnia, em parceria com a Rash’R, uma marca que já atua vendendo itens de moda feitas com resíduos retirados dos oceanos.

A empresa está produzindo as máscaras em cinco modelos diferentes que seguem a temática de preservação dos oceanos, com estampas de tubarões-baleia, arraias, tubarões branco, entre outras. Para as crianças, há também mascaras feitas sob medida e com estampas divertidas.

mergulhadores máscaras plástico oceanos

Foto: Reprodução

Até o momento, a ideia rendeu a venda de mais de 15 mil itens, fazendo até mesmo com que as empresas aumentassem a produção. Cada unidade reutilizável custa 20,40 dólares e vem com cinco filtros para substituição. O valor, segundo as instituições, é pelo alto custo que envolve produzir os artefatos.

De acordo com as empresas, as máscaras que já foram vendidas ajudaram a remover e dar uma nova utilidade a mais de 500 quilos de resíduos dos oceanos.

A importância das máscaras no combate ao coronavírus

mergulhadores máscaras plástico oceanos

Foto: Reprodução

As máscaras são itens extremamente importantes no combate ao coronavírus. A OMS recomenda que todas as pessoas utilizem o artefato em público, já que estudos mostraram que o vírus se espalha facilmente quando conservamos e até respiramos.

Além de eficiente, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor.

O Ministério da Saúde publicou um tutorial que apresenta como as pessoas podem produzir suas próprias máscaras caseiras, seguindo algumas especificações. O mais importante é que elas sejam produzidas nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

Leia também:

» Grécia quer abrir hotéis em julho – veja o que os viajantes podem esperar
» Veja algumas formas de ajudar os hospitais de Manaus sem sair de casa
» Fernando de Noronha tem infectados curados e zera casos de coronavírus
» Gramado e Canela reabrem parcialmente suas atrações

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Suécia: restaurante atende um cliente por dia e pratos chegam à mesa içados por corda

Artigo anterior

Harvard lança mais de 100 cursos online gratuitos com certificado

Artigo seguinte

Você pode gostar