Brasileiros que vivem no Panamá relatam situação de reabertura, atrações e viagens. Saiba mais sobre o retorno do turismo no país.

Por reunir lindas paisagens com natureza preservada, muita história e passeios que agradam todos perfis de turistas, o Panamá tem se consolidado como um destino cada vez mais desejado por brasileiros. No entanto, diante da pandemia de coronavírus, muitos planos de viagem tiveram que ser adiados. 

Mas afinal, como está a situação do coronavírus no país e quando, finalmente, os brasileiros poderão visitar o destino? Apesar de ainda contar com grande número de casos e permanecer com fronteiras fechadas, o Panamá caminha, aos poucos, a uma leve flexibilização. Além disso, o governo já inicia medidas para garantir um turismo seguro e com um menu amplo de atrações adequadas à esta nova realidade. 

Para entender melhor a situação atual e como está esse processo de retomada das atividades no país, falamos com Mauricio Duarte, brasileiro que vive no destino e que atua frente à CONEXÃO PANAMÁ, agência de receptivo especializada em receber brasileiros no Panamá. 

Panamá: restrições e reabertura do país

Reabertura, turismo e viagens como está a situação do coronavírus no Panamá?

Foto: Unsplash

O Panamá foi um dos países mais afetados pelo novo coronavírus na América Central. Logo após os primeiros casos, o governo local começou a seguir as orientações da OMS. Inicialmente, decretou o confinamento das 5 da tarde às 5 da manhã, mas após o grande número de contágios passou a adotar outras medidas. 

“O governo passou a adotar a mobilidade, baseada no último número do documento de identidade (para os panamenhos, sua cédula, e para os estrangeiros, independente de sua situação migratória, o passaporte”, explicou Maurício. “Além disso, os homens somente podiam sair às terças e quintas por 2 horas, e as mulheres às segundas, quartas e sextas, também por 2 horas. Aos sábados e domingos, era quarentena total para todos”. 

Houve também a obrigatoriedade do distanciamento social e uso de máscaras. “Como os panamenhos tem uma cultura conservadora, a obediência é levada à risca”, disse. Atualmente, o governo definiu a reabertura de alguns setores do comércio, mas hotéis, restaurantes, bares e eventos, por exemplo, ainda não têm data para definida para retornar. 

Quando será realizado o retorno do turismo no Panamá? 

Reabertura, atrações e viagens como está a situação do coronavírus no Panamá?

Foto: Unsplash

No Panamá, o cenário ainda é incerto e não há previsão, ao menos por enquanto, para o retorno do turismo. Os passeios regionais, no entanto, devem ser prioridade para um possível recomeço. Já o turismo internacional certamente levará mais tempo para voltar. “A boa notícia é que a avaliação dos protocolos de biossegurança para o setor turístico já foram aprovados pelo Ministério da Saúde e Ministério do Trabalho”, disse o especialista em tours no país. 

Estes protocolos incluem, entre outros, distanciamento físico de dois metros, lavar as mãos com frequência, uso de álcool gel e máscaras, limpeza profunda e desinfecção de todas as áreas dos locais prestadores de serviço. “Com certeza ainda serão divulgadas as condições para se usufruir, por exemplo, de uma visita ao Canal do Panamá, como quantas pessoas poderão entrar por vez, tempo de permanência, entre outras”. 

Panamá: destino com natureza e muita história

Reabertura, turismo e viagens como está a situação do coronavírus no Panamá?

Foto: Unsplash

Pensando em um cenário pós-pandemia, motivos não faltam para que brasileiros visitem o Panamá. Para começar, o destino é apontado em pesquisas como o mais seguro da América Central. Sua localização privilegiada faz com que seja o elo entre as Américas do Sul e do Norte e, para melhorar, está situado também às margens do Caribe. Todo essa geografia estratégica lhe rendeu o apelido de “Hub das Américas”.

Isso faz com que sua economia dolarizada também entregue ao turista brasileiro boas oportunidades de compra. Para quem vai aos Estados Unidos, um stopover estratégico é também uma oportunidade para desfrutar os encantos de sua capital Cidade do Panamá. Para melhorar, brasileiros não necessitam de visto para entrar no país, sendo possível acessá-lo somente com passaporte. 

Ainda, para quem tiver mais tempo, praias com natureza praticamente intocada e beleza exuberante, muita história e boa gastronomia, tudo isso aliado a um povo receptivo e acolhedor, fazem deste um ótimo destino para viajantes do Brasil. “Se o Panamá for seu destino final, poderá desfrutar de praias belíssimas, tanto no Pacífico, quanto no Caribe panamenho no Atlântico, lembrando que é possível tomar seu café da manhã no Pacífico e almoçar no Atlântico”, lembrou Mauricio Duarte. 

Atividades ao ar livre e atenção às normas sanitárias

Reabertura, turismo e viagens como está a situação do coronavírus no Panamá?

Foto: Unsplash

Apesar de ainda não haver previsão de reabertura do turismo no país, o Panamá oferece atividade que vão de encontro com as novas tendências pós-pandemia. De acordo com pesquisas, atividades ao ar livre, ecoturismo, redução de impactos da presença humana nos pontos turísticos, além de práticas mais sustentáveis, serão priorizadas por viajantes nesse retorno – e o Panamá oferece tudo isso. Inclusive, é a aposta do destino para sua retomada. 

“O ecoturismo é a aposta para reativar o setor turístico no Panamá, como turismo ao ar livre com distanciamento social, áreas protegidas, trilhas, praias, montanhas, agroturismo, entre outros”, explicou o brasileiro. A aposta é certa, uma vez que o país é reconhecido por sua biodiversidade única, presenteando turistas com áreas de montanha, manguezais, florestas e ilhas que abrigam milhares de espécies, sendo algumas endêmicas. 

O cuidado também está nas preparações para quando o país começar a receber turistas novamente. Para o retorno das atividades da CONEXÃO PANAMÁ, por exemplo, alguns cuidados para garantir a segurança de turistas já estão sendo providenciados. “A CONEXÃO PANAMÁ está seguindo todos os protocolos e orientações do Ministério da Saúde, e portanto, estaremos aptos a receber os turistas com total segurança”, disse. 

Para isso, a empresa disponibilizará kits que conterão o álcool gel, que já é uma prática comum da agência, e também máscaras. “Estamos atentos a qualquer alteração que possa surgir para nos adaptarmos às exigências e necessidades frente à nova normalidade”, finalizou.

Leia também:

» Fronteiras, atrações e viagens: como está o retorno do turismo na França?
» A retomada do turismo na Itália na visão de um brasileiro que vive no país
» Brasileiros que vivem na Espanha falam sobre retomada do turismo no país
» Saiba qual é o primeiro destino que os brasileiros querem visitar após pandemia

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Trilha da Estrada Velha de Santos reabre para passeios com restrições

Artigo anterior

São Paulo vai ganhar seu primeiro restaurante Hard Rock Café

Artigo seguinte

Você pode gostar